sábado, 26 de maio de 2012

Pensamento 9 de 365

Aprendi a sorrir novamente. 
Meu sorriso natural é defeituoso, mas natural. Meu sorriso forçado é perfeito, mas forçado. 
Por muito tempo, persegui o defeito que ele tinha e deixei-o tão forçado que perdi o caminho de volta ao naturalismo mas, finalmente, consegui reencontrá-lo e, hoje, não me importo com o seu defeito, pois o jeito que ele se forma naturalmente é tão leve que cobre qualquer defeito. 
Deixei de implicar comigo e, assim como aceitei meu sorriso, aceitei-me.  
De nada vale a perfeição quando, para alcançá-la, é preciso abrir mão da sua própria naturalidade. 

3 comentários:

Maria Midlej disse...

eu sorri ao final.

Natalia. disse...

Um sorriso sincero é um sorriso perfeito.

Almeida José disse...

Oi, tudo bom?

Estou tentando achar blogs bacanas a partir das pessoas que curtiam um blog que eu tinha antigamente,o Grande Urso, assim pensei ser capaz de encontrar pessoas interessantes. O que acabou dando certo, pois eu te encontrei.

Fico feliz de saber que você continua por aqui, me fez sorrir ( meu sorriso é feio pra buné)

;D

Bom trabalho,


A.José
www.fogobrando.com